A criptografia de ponta-a-ponta do WhatsApp assegura que somente você e a pessoa com que estiver se comunicando possam ler o que é enviado. Ninguém mais, nem mesmo o WhatsApp.

Na terça-feira, dia 5 de abril, serviço de mensagens WhatsApp anunciou algo muito importante o qual irá ajudar a proteger a privacidade de mais de um bilhão de usuários: criptografia ponta-a-ponta em todas as comunicações, incluindo mensagens de voz e outros arquivos, entre seus usuários será ativada por padrão.

O comunicado, na integra, pode ser lido aqui.

comunicação segura whatsapp

Quando você manda uma mensagem, a única pessoa que pode lê-la é a pessoa ou grupo para quem você a enviou. Ninguém pode olhar dentro da mensagem. Nem cibercriminosos. Nem hackers. Nem regimes opressores. Nem mesmo nós. – Jan Koum e Brian Acton, cofundadores do WhatsApp

Em suma, não há uma maneira de interceptar e decifrar a mensagem enviada via WhatsApp:

Um hacker não pode.
Um governo também não.
Nem tiranos.
Nem mesmo o WhatsApp.
E nem mesmo com uma ordem judicial.

A única forma de visualizar as mensagens é acessar diretamente o aparelho.

A implementação da criptografia ponta-a-ponta do WhatsApp foi construída sobre bases sólidas. O documento técnico1 revela que ela é baseada no Signal Protocol, projetado pela Open Whisper Systems2.

Governos e órgãos judiciais vêm trabalhando contra a criptografia e, em alguns casos, até demandando dos fabricantes de tecnologia backdoors3 para espionar as comunicações.

Recentemente, no Brasil e nos Estados Unidos4 a privacidade em aplicativos de comunicação tem sido objeto de decisões judiciais polêmicas.

Minha opinião é muito clara: a criptografia é uma poderosa ferramenta que pode ser usada para o bem, ajudando a proteger a nossa privacidade, intimidade, liberdade pessoal e coletiva contra criminosos e governos autoritários. Paradoxalmente, por mais que os valores que a criptografia protege não sejam absolutos, aqueles que procuram relativizar os valores protegidos por ela nos colocam em perigo tanto quanto aqueles que visam combater.

Parece ser esse, também, o entendimento do WhatsApp:

A criptografia é uma das ferramentas mais importantes que os governos, empresas e pessoas em geral possuem para promover segurança e estabilidade nesta nova era digital. Muitas discussões têm surgido a respeito de serviços criptografados e o trabalho da justiça. Ao passo que entendemos a importância dos trabalhos da justiça para manter a segurança da população, qualquer esforço feito com o objetivo de enfraquecer a função da criptografia coloca as informações das pessoas à exposição e possível abuso de cibercrimonosos, hackers ou Estados-pária.

Reconheço que a notícia é muito boa para os usuários que se preocupam com segurança e privacidade, como nós. Mas, ao mesmo tempo, indica a intensificação de uma tendência para a criptografia onipresente, a qual tem colocado desafios para a aplicação da lei em diversos países do mundo, principalmente nos Estados Unidos.

Moxie Marlinspike, fundador da Open Whisper Systems disse:

“O que estamos tentando fazer é tornar as comunicações privadas simples, não frustrar as investigações criminais.”5

O assunto é de suma importância. Para alguns, talvez seja uma discussão chata, mas somente até que a sua privacidade seja violada e liberdade tolhida. Voltarei a falar mais sobre.

“Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade, nem segurança.” – Benjamin Franklin6

  1. https://www.whatsapp.com/security/WhatsApp-Security-Whitepaper.pdf
  2. https://www.whispersystems.org/blog/whatsapp-complete/
  3. Backdoor é um “buraco” na segurança de um sistema deliberadamente plantado por programadores e fabricantes de tecnologia. A motivação para tais “buracos” nem sempre é sempre sinistra: alguns sistemas operacionais, por exemplo, criam contas com acesso privilegiado, destinadas a utilização do suporte técnico e manutenção.
  4. https://www.washingtonpost.com/world/national-security/fbi-has-accessed-san-bernardino-shooters-phone-without-apples-help/2016/03/28/e593a0e2-f52b-11e5-9804-537defcc3cf6_story.html
  5. http://thedailycroton.com/2016/04/07/whatsapps-end-to-end-encryption-a-potential-security-threat/
  6. “Those who would give up Essential Liberty to purchase a little Temporary Safety, deserve neither Liberty nor Safety”. Citação em: http://books.google.com/books?id=W2MFAAAAQAAJ&pg=PA270&lpg=PA270t#PPA270,M1
ASSINE NOSSO BOLETIM
Concordo em informar meus dados pessoais para recebimento da newsletter.
Junte-se a mais de 8.000 visitantes que estão recebendo nossa newsletter sobre cibersegurança.
Seu endereço de email não será vendido ou compartilhado com mais ninguém.