Em relação ao trimestre anterior, houve aumento de 33% na média de pagamentos.

Novo relatório da Coveware, empresa especializada em resposta a incidentes de ransomware, apontou que o resgate médio pago pelas vítimas atingiu US$ 111.605 no primeiro trimestre de 2020. O número representa um aumento de 33% em relação ao trimestre anterior.

Algumas informações do relatório:

Ransomwares mais comuns

  1. Sodinokibi: 26,7%
  2. Ryuk: 19,6%
  3. Phobos: 7,8%
  4. Dharma: 7,8%
  5. Mamba: 4,8%
  6. GlobeImposter: 4.4%
  7. Arranque: 2.6%
  8. IEncrypt: 2,2%
  9. 777: 2,2%
  10. MedusaLocker: 2,2%

Principais vetores de ataques ransomware

Como podemos observar, os pontos de acesso do protocolo RDP (Remote Desktop Protocol) mal protegidos continuam sendo o vetor de ataque mais comum. Pela darknet, é possível comprar por apenas US$ 20 credenciais de RDP para um determinado endereço IP.

Setores mais atacados

A maioria dos ataques visa pequenas e médias empresas, incluindo empresas de serviços profissionais, como escritórios de advocacia e contabilidade, provedores de serviços gerenciados de TI.

É altamente recomendado que todas as organizações implementem sistemas de defesa, incluindo principalmente tecnologias de backup e antimalware. Além disso, os funcionários devem ser conscientizados a não confiarem em tudo que recebem por e-mail.


ASSINE NOSSO BOLETIM
Concordo em informar meus dados pessoais para recebimento da newsletter.
Junte-se a mais de 8.000 visitantes que estão recebendo nossa newsletter sobre cibersegurança.
Seu endereço de email não será vendido ou compartilhado com mais ninguém.