Antivírus gratuito para PC é lançado pela Kaspersky Lab

kaspersky freeLançado oficialmente no dia 25 de julho no 20º aniversário da empresa, o Kaspersky Free promete proteção total contra malware a custo zero para usuários do Windows.

A Kaspersky Lab sempre foi criticada por não ter uma versão gratuita do seu software. Agora, o fabricante russo, depois de um ano e meio de testes, pesquisas, análises e ajustes, possui uma versão grátis – com algumas limitações – do seu famoso software.

O lançamento veio em boa hora, afinal, a empresa sofreu alguns danos a sua imagem em função das especulações nos EUA de que seja vulnerável à influência do governo russo. Embora a Kaspersky tenha negado essa afirmação, o governo dos EUA removeu a empresa da lista de fornecedores aprovados pelo governo.1

O Kaspersky Free tem todos os elementos essenciais de proteção, sem os quais ninguém no planeta deveria ficar: proteção de e-mail, arquivos e web, atualizações automáticas, autodefesa, quarentena, entre outros recursos. Com eles, o Kaspersky Free garante uma navegação web mais segura, protege dispositivos de armazenamento USB, previne ataques phishing e que arquivos maliciosos, como ransomwware, sejam executados.

Há também uma boa notícia se você não gosta de coisas gratuitas que vêm com aquelas propagandas irritantes. O Kaspersky Free não é invasivo como outros antivírus gratuitos que rastreiam os hábitos de navegação dos usuários, a fim de tornar financeiramente viável para seus fabricantes.

O crescimento do número de pessoas usando o Kaspersky Free, segundo a Kaspersky Lab, irá melhorar a qualidade da proteção de todos os usuários, pois quanto maior a base de dados do programa, melhor será o aprendizado de máquina.2

Para os consumidores que desejam proteger todos os seus dispositivos de diversas plataformas com recursos e tecnologias mais robustos, a Kaspersky Lab oferece soluções premiadas e multi-plataforma, incluindo Kaspersky Total Security, Kaspersky Internet Security e Kaspersky Anti-Virus. Esses produtos, por sua vez, fornecem uma gama completa de recursos avançados, incluindo System Watcher, que protege contra o ransomware, e outros como o Safe Money, Secure Connection e Controle de Pais.

A licença do Kaspersky Free é válida por um ano após a sua instalação. De acordo com os termos de uso, depois de vencida, a licença irá expirar e deixará de funcionar.

Lembrando que o uso do Kaspersky Free é somente para usuários domésticos, conforme os termos de uso:

The right to use the Software distributed free of charge is granted only to individuals, excluding Software provided for evaluation purposes. Software may be used by individuals only for personal non-commercial use. Use of Software distributed free of charge by legal entities excluding Software provided for evaluation purposes is strictly prohibited.

O Kaspersky Free é compatível com as versões 32 e 64 bits do Windows XP, Windows Vista, Windows 7, Windows 8/8.1 e Windows 10.

Conclusão

Embora o Kaspersky Free não seja tão completo quanto as versões pagas – e nem pretende substitui-las – o produto possui recursos gratuitos suficientes para oferecer um bom nível de proteção ao computador para aqueles que estão com a grana curta, além de ser de fácil usabilidade.

Kaspersky Free - Antivírus gratuito:
Digite o seu e-mail abaixo para fazer o DOWNLOAD GRATUITO do Kaspersky Free:

Referências

  1.  Kaspersky under scrutiny after Bloomberg story claims close links to FSB: https://arstechnica.com/information-technology/2017/07/kaspersky-denies-inappropriate-ties-with-russian-govt-after-bloomberg-story/
  2.  How machine learning works, simplified: https://www.kaspersky.com/blog/machine-learning-explained/13487/

RiCoBa

Consultor em segurança da informação com 13 anos de experiência. Bacharel em Filosofia e cursando Direito, visando especialização em Direito Informático. Quando consigo alocar tempo, estudo para tirar a certificação CISSP (um dia faço a prova). Interesso-me pela prática de esportes, cervejas de trigo, vinhos e discussões políticas. Nesta seara sou um “liberal-conservative”.